Sei que cada um já teve, ou tem até hoje, seu brinquedo favorito ou assiste o seu desenho animado predileto. Também existe aquela música que marcou a sua infância. Quem não se lembra dos clássicos, como: “Marcha Soldado”, “Atirei o pau no gato” e “Pai Francisco”? Poderia citar outras canções, mas vamos ficar com os clássicos.

Há quem diga que “hoje os tempos são outros” ou “na minha época não existia isso”. Verdade. Para quem vê, hoje, como referência musical infantil o Mc Pedrinho, por exemplo, chega a levar um susto. Mas o foco é a criação da Bromélia Produções: a Galinha Pintadinha. Essa personagem é uma febre entre as crianças com idades entre 2 a 25, 30, 60 anos. Sim, há criança adulta que goste.

Gostando ou não, o fato é que a produção musical infantil já bateu vários recordes no Youtube, ultrapassando a marca de 100 milhões de visualizações em seus vídeos, sendo um dos canais mais populares da rede social no Brasil. Perto de completar 10 anos de existência, desde o dia em que o primeiro vídeo foi postado no Youtube em 28 de dezembro de 2006, a Galinha Pintadinha também é um fenômeno internacional, pois a produção já se encontra disponível em serviços streaming, como a Netflix e o Spotify. Nada mau para o que um dia já foi “um vídeo esquecido no Youtube”, frase retirada do site oficial.

Além disso, fazendo uma rápida pesquisa nas redes sociais, como o Twitter e o Facebook, o número de pessoas que seguem ou curtem a personagem, é imenso. No Twitter, há mais de 12 mil seguidores. Já no Facebook, há quase 4 milhões de curtidas. Números bastante significantes e entendíveis, tendo em vista o grande sucesso do produto infantil.

Mas por que essa galinha faz tanto sucesso? Há vários fatores questionáveis.

Assim como outro bom produto da internet, seja ele fonográfico ou visual, a Galinha Pintadinha é um viral e teve quem apostasse, a transformando em um produto multimídia comercializável, pois conta com produção de áudio e vídeo como CD´s e DVD´s, site oficial, livros, jogos etc.

Há a questão educacional, pois tem a aprovação de muitos pais e escolas quanto ao produto infantil e o fator tempo, tendo em vista o presente, a velha questão do consumismo, resultado de um grande número de pessoas aderiram o produto.

Daqui a alguns anos irá existir alguma outra produção infantil e que poderá ter o mesmo sucesso da Galinha Pintadinha, pois os tempos serão outros.

A verdade é que entre a MC Melody e a Galinha Pintadinha, fico com a última.

Pedro Neri
Sobre o autor

Pernambucano radicado na Paraíba. Estudante do curso de Jornalismo da Universidade Federal da Paraíba. Filho de pais músicos (mas tocar que é bom, nada. Só arranha um cavaquinho). Eclético no modo de apreciar a boa música. Mas, o que é a boa música?

Relacionados

“Tá aí o que vocês tanto queriam. Agora é oficial.” Entoava Pedro Baby, filho de Pepeu Gomes e Baby...

Foto: Netflix/Divulgação Liberdade pra mim é não ter medo. Essa frase de Nina Simone poderia ser o...

Duvido muito que até os mais jovens leitores deste site não tenham ouvido alguma música do Prince....

Deixe um comentário

Thanks!

Entre os dias 29 de junho e 1º de julho aconteceu em Fortaleza o XIX Congresso de Ciências da Comunicação na Região Nordeste (Intercom). Dentro do evento, realizou-se a Exposição de Pesquisa Experimental em Comunicação (Expocom). E, neste ano, o Segue o Som foi o vencedor do prêmio na categoria Blog.

E não é só isso! Entre os dias 4 e 9 de setembro, o nosso blog concorre juntamente com outros quatro ganhadores de cada região do Brasil pelo prêmio Expocom Nacional. E você vai acompanhar tudo isso de perto! ?